quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Livros imperdíveis da literatura esportiva

Arte: Anna Kaum

Durante o ano de 2012 Literatura na Arquibancada garimpou alguns dos livros mais importantes produzidos na história da literatura esportiva. Alguns, lançamentos, outros, raridades. Obras fundamentais para pesquisadores, jornalistas e amantes da boa leitura. Confira abaixo nossas dicas:


A biografia de um dos maiores dirigentes esportivos do país, Paulo Machado de Carvalho, na obra “O Marechal da Vitória”:


Um livro raro do mestre da crônica esportiva, Mário Filho: “Histórias do Flamengo”, publicado em 1945.


Uma coletânea da revista Bravo com os textos de alguns dos mais importantes nomes da literatura brasileira: “Bravo – Literatura & Futebol”.


No ano do centenário de Nelson Rodrigues, uma coletânea de algumas de suas crônicas inéditas organizadas por sua filha: “O Brasil em Campo”.


Um livro obrigatório para pesquisadores do futebol brasileiro: “O pontapé inicial”, do mestre Waldenyr Caldas.


Um dos temas mais pesquisados pelos estudiosos do futebol brasileiro, a violência, é analisada com maestria pelo sociólogo Maurício Murad: “A violência no futebol”.


Um dos artigos mais acessados do Literatura na Arquibancada, em 2012, o livro que resgata a trajetória de uma das seleções mais importantes na história do futebol mundial: “Telê e a seleção de 82 – Da arte à tragédia”.


Para estudiosos do futebol e várias modalidades, antropologia também é tema no esporte: “Visão de jogo”.


Um dos livros mais importantes da literatura esportiva escrito por um craque da literatura: “Veneno Remédio”, de José Miguel Wisnik.


Como formar atletas no país é o tema desta obra fundamental para estudiosos, pesquisadores e para quem quer ler a prosa sensacional do mestre João Batista Freire: “Ensinar esporte, Ensinando a viver”.


A utilização do esporte, especialmente o futebol, por regimes autoritários é dissecada na obra de Gilberto Agostino, mestre da UFRJ: “Vencer ou morrer – Futebol, Geopolítica e Identidade Nacional”.


Um clássico da literatura esportiva brasileira, reeditado com atualizações em 2012: “Gigantes do Futebol Brasileiro”, dos mestres João Máximo e Marcos de Castro.


Outra obra de referência da literatura esportiva, fundamental para pesquisadores e estudiosos do futebol: “Footballmania”.


Alex Bellos, um inglês apaixonado pelo Brasil, e um dos livros mais importantes já feitos na literatura esportiva mundial sobre o futebol, paixão número um do torcedor brasileiro: “Futebol – O Brasil em campo”


Um dos mais profundos e detalhados estudos sobre o esporte mais popular do planeta, o futebol, é o que o escritor de origem escocesa, Bill Murray, fez quando escreveu “The world’s game”, traduzido no Brasil como “Uma história do futebol”. 


O clássico da literatura brasileira: O Negro no Futebol Brasileiro”, de Mário Filho.


Uma obra prima da literatura esportiva é o livro escrito por Paulo Guilherme sobre goleiros dos quatro cantos do planeta:


O “terror” vindo das arquibancadas de uma das torcidas mais fanáticas e violentas do mundo: “La Doce – A explosiva história da torcida organizada mais temida do mundo”.


história do livro que em 2012 completou 20 anos e continua a encantar leitores nos quatro cantos do planeta. Febre de Bola, de Nick Hornby, modelo para que torcedores não confundam paixão com violência.


Uma das maiores rivalidades do futebol brasileiro, Corinthians x Palmeiras, visto no contexto político pelo ministro Aldo Rebello. “Corinthians x Palmeiras, o Jogo Vermelho”.


Um ex-craque dos gramados, tricampeão mundial em 1970 com a seleção brasileira, desfila talento, agora, na crônica esportiva: Tostão e suas reflexões em “A perfeição não existe”.


Um livro fundamental para compreendermos as atuais mazelas do futebol brasileiro. Apesar de ser lançado na década de 1930, nunca uma obra foi tão atual.


Um livro espetacular escrito pelo jornalista norte-americano Franklin Foer, “Como o futebol explica o mundo” defende a tese de que o mundo da bola pode explicar as mazelas e as maravilhas da globalização. Uma obra fundamental.


Literalmente, uma “viagem” pelos confins do Brasil. Mario Magalhães e a espetacular obra “Viagem ao país do futebol”.


Uma verdadeira obra prima da literatura composta pelo mestre Hilário Franco Jr.: “A Dança dos Deuses”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário