sábado, 31 de dezembro de 2011

O milagre da renovação


No novo ano que começa já já, não esqueça de incluir na sua lista de desejos a leitura de mais livros. Use o caminho mais fácil para o conhecimento: leia mais!

O Literatura na Arquibancada agradece a todos que tiveram a paciência de passar por aqui para conhecer a obra e a vida de gente que luta e lutou fazendo literatura, escrevendo e deixando para nós muito mais do que palavras soltas, mas reflexões eternas.

Nossa mensagem final está no verso do poeta-craque da literatura brasileira, Carlos Drummond de Andrade, dica do nosso colaborador, Domingos D'Angelo. Os versos são bastante conhecidos, mas nunca é demais relembrá-los:



Cortar o tempo

Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário