domingo, 9 de outubro de 2011

Para quem gosta de crônicas e contos do futebol


Sinopse:


Cláudio Lovato Filho explora literariamente todo o imaginário que cerca o jogo de futebol nos 17 contos que compõem o livro O batedor de faltas. O gandula, o goleiro, o maqueiro, o artilheiro pereba, o velho treinador, os irmãos jogadores, pai e filho na arquibancadas são alguns dos personagens escalados pelo autor para uma partida de primeira.
O conto que abre o livro é Arquibancada. Nele, pai e filho conversam sobre assuntos familiares em um estádio durante o jogo. Já Noite em claro fala da grande tensão de um jovem zagueiro na véspera de sua primeira final de campeonato. Com insônia, ele conforta-se apenas quando pensa em seu avô e nas histórias de futebol que ele lhe contava. Em Instrumento de trabalho, um zagueiro de recursos técnicos limitados é especialista na prática do carrinho, com muito orgulho.
Acuados relata os tensos momentos de uma equipe de futebol que derrotou a equipe dona da casa e fica acuada no vestiário sob as ameaças furiosas dos torcedores. Já no conto que dá título ao livro, O batedor de faltas, o autor mostra como o futebol pode representar a grande plenitude existencial de um indivíduo.

Fonte:
http://www.record.com.br/livro_sinopse.asp?id_livro=136


Nenhum comentário:

Postar um comentário